Comentar

Botuporã comemorou o Dia do Evangélico

diadoevang7

Sessão Solene na Câmara de Vereadores, caminhada, palestras, momento de oração e shows musicais. Assim o Dia do Evangélico no município de Botuporã, celebrado todo último sábado do mês de setembro, com início neste ano. Os pastores locais, Rubem, Sérgio e Eraldo, organizaram o evento com a participação dos fiéis das igrejas. Além dos artistas locais e regionais, o cantor Sandro Nazireu de Feira de Santana fez um grande show na Praça Durval de Oliveira. Confira mais fotos do evento:

diadoevang5diadoevang8diadoevang2

diadoevang4diadoevang6 diaevancamara

Comentar

Novo juiz da comarca de Paramirim visita Conselho Tutelar

novojuizparamirim

O novo juiz de Paramirim, Gleison dos Santos Soares, visitou, na manhã desta segunda-feira (29), o Conselho Tutelar. “O poder judiciário local está aberto para o Conselho Tutelar, paro o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e para qualquer pessoa que exerça atividade no intuito de proteção aos direitos da criança e do adolescente. Nós temos dificuldades imensas, obstáculos quase intransponíveis, mas me coloco a disposição para o que precisarem”, ressaltou o magistrado. A presidente do Conselho Tutelar, Mariangelis Porto, apresentou todas as conselheiras e a função de cada uma delas. O chefe de gabinete da Prefeitura, Carlos Alberto, representou o prefeito na ocasião. “Estamos felizes com este encontro, com essa simpatia que o senhor nos traz neste momento. Esse contato entre o juiz e a sociedade é muito importante para que possamos apresentar todas as nossas demandas ao poder judiciário. Seja bem vindo”, disse o representante do gestor municipal. O juiz Gleison Soares, que atuava na comarca de Tanque Novo (recentemente agregada à de Igaporã), deixou todos os seus contatos com a direção do Conselho Tutelar e disse que a qualquer momento elas podem ir ao seu gabinete.

Um Comentário

Botuporã: Carro atinge charrete e deixa homem em estado grave

Foto: Sudoeste Bahia.
Foto: Sudoeste Bahia.

Um acidente entre um carro e uma charrete, por volta das 05:30h, desta segunda-feira (29), deixou um ferido em estado grave. O fato ocorreu na rodovia que corta o município de Botuporã. Um homem identificado como Aurelino, residente na Fazenda Mendonça, seguia para a sede do município, onde comercializa verduras na feira-livre, às segundas-feiras. Em determinado trecho da rodovia, foi atingido por trás, por um veículo, que arremessou a charrete para fora da pista. O cavalo morreu e Aurelino está em estado grave, no hospital local, aguardando transferência para outro centro. O Sudoeste Bahia não conseguiu identificação do veículo que provocou a colisão.

Comentar

Botuporã: Oposicionistas recebem candidatos a deputado

Deputados e o ex-gestor do município.
Negromonte Júnior e Nelson Leal foram recepcionados pelo ex-gestor do município.

O grupo político da oposição no município de Botuporã, liderado pelo ex-prefeito Moaci Queiróz, realizou, na noite desta quarta-feira (25), um comício no comitê de campanha em apoio às candidaturas a nível estadual e federal. Usaram da palavra vereadores, o candidato a deputado estadual Nelson Leal (PSL), o candidato a deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP), o ex-vice-prefeito José Belarmino (PT) e o ex-prefeito Moaci (PP). Todos destacaram a importância de eleger, além dos parlamentares, Otto Alencar (PSD) para o senado federal, Rui Costa (PT) para o governo e Dilma Rousseff (PT) para a presidência da República. Confira mais fotos do evento:

evento11-4evento11-3evento11-2evento11-5evento11-6evento11-9evento11-7evento11-8evento11-10

Comentar

“Quem é aposta para a Assembleia”, uma análise de Osvaldo Lyra à Tribuna da Bahia

assembleia2

O dia da eleição se aproxima e com ele a tensão de deputados estaduais que anseiam renovar seus mandatos para a Assembleia Legislativa da Bahia.

Aliado a isso, soma-se a movimentação de candidatos ávidos a receber das urnas o aval para sentar em uma das 63 cadeiras que compõem o Parlamento baiano. Dos que estão no exercício dos seus mandatos ou dos postulantes que estão fora, surgem nomes que podem ser dados como certos no balcão de apostas, para estar no posto a partir de 2015.

A expectativa é que a coligação governista, encabeçada pelo PT, eleja de 26 a 28 deputados. Do PT, nove deputados devem ser reeleitos com facilidade, sendo que o campeão de votos entre eles deverá ser o atual líder do governo, Zé Neto. Na lista estão o líder do partido, Rosemberg Pinto, os deputados Joseildo Ramos, Zé Raimundo, J. Carlos, Fátima Nunes, Luiza Maia, Maria Del Carmen e Paulo Rangel. Brigam por vaga os deputados Bira Coroa, Marcelino Galo, Joacy Dourado e Neuza Cadore. Sem mandato, mas com grande chance de entrar está o vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca.

Do PCdoB, o único garantido é o deputado Fabrício Falcão, deixando as duas vagas em aberto para Álvaro Gomes, Kelly Magalhães, além da ex-vereadora Olívia Santana, o médico Alfredo Boa Sorte e Crissostomo Lima, conhecido como Zó. O PDT tem quatro deputados, podendo reeleger todos, com o atual presidente Marcelo Nilo devendo ser o mais votado do pleito. O juazeirense Roberto Carlos e o veterano Euclides Fernandes devem ser reeleitos, deixando o ex-secretário Paulo Câmera na repescagem.

Do PP, Mário Negromonte Jr., Cacá Leão e Ronaldo Carletto devem se eleger para deputado federal. Para a Assembleia, estão garantidos os deputados Aderbal Caldas, Luiz Augusto, além do ex-secretário de Agricultura, Eduardo Salles, e o pecuarista Robinho, que é natural de Nanuque (MG).

Do PR, o veterano Reinaldo Braga está na disputa, devendo ser reeleito.

Já do PSD, a expectativa é que o médico e deputado Alan Sanches seja o mais votado do partido e um dos mais fortes do pleito. Adolfo Menezes, Ângelo Coronel, Rogério Andrade e Ivana Bastos estão garantidos. O ex-prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, e a vereadora de Lauro de Freitas, Mirela Macedo, devem entrar na cota do partido de Otto. Maria Luiza Laudano não tentará a reeleição e Timóteo Brito, Ângela Souza e Carlos Ubaldinho poderão ter dificuldade para se manter na Assembleia, tendo que brigar pelas duas vagas remanescentes no partido.

Da coligação encabeçada pelo PSB, da candidata Lídice da Mata, o deputado Nelson Leal, do PSL, será reeleito sem dificuldade. Já o delegado Deraldo Damasceno, que não era apontado como aposta, cresceu ao longo da campanha e pode se manter na Assembleia. Correm por fora a vereadora de Salvador, Fabíola Mansur, e o secretário-geral do PSB, Rodrigo Hita, disputando mais uma vaga da ala socialista.

No bloco da oposição, o DEM sai na frente e deve eleger os deputados Sandro Regis, Targino Machado e Tom Araújo. Além de Fábio Souto, Pablo Barrozo, Luciano Ribeiro (ex-prefeito de Caculé e amigo pessoal do prefeito ACM Neto). Elmar Nascimento e Paulo Azi tentam vaga para a Câmara Federal, já Herbert Barbosa e Ricardo Gaban não estão na disputa. Correm por fora os ex-deputados Heraldo Rocha e Luiz de Deus. O vereador de Salvador, David Rios, pode se eleger pelo PROS.

Do PMDB, deverão ser eleitos Bruno Reis (que deverá ser o mais votado do partido), Leur Lomanto Junior e Pedro Tavares. Graça Pimenta não tenta a reeleição e Luciano Simões trabalha para emplacar o filho, que tem o mesmo nome. Correm por fora ainda o vice-prefeito de Coité, Alex da Piatã, que é uma incógnita, e Carlinhos Sobral. O PRB, braço político da Igreja Universal do Reino de Deus, deverá reeleger os atuais deputados José de Arimatéia e Sidelvan Nóbrega. Já no PSC, uma das apostas é o presidente do partido em Salvador, Heber Santana, e o atual deputado Vando. Sargento Isidório é sempre uma incógnita, mas pode surpreender e se reeleger. A deputada Maria Luiza Orge desistiu da disputa.

Os tucanos Adolfo Viana e Augusto Castro devem se reeleger sem maiores dificuldades no chapão oposicionista. A expectativa é que um dos mais votados do PSDB seja o vereador de Salvador, Soldado Prisco. O PTN deve eleger três deputados. Carlos Geilson se reelege com facilidade, deixando na disputa o coronel Gilberto Santana e Anderson Muniz. Quem deve se eleger também é o candidato Alex Lima. O atual estadual João Carlos Bacelar deverá ser eleito para federal pela sigla.

A coligação do PV e PRP deve eleger três deputados. Estão no páreo o deputado Marquinhos Viana, Janio Natal e Jurandir Oliveira, que se reinventou e pode pontuar bem na disputa. O apresentador Uziel Bueno, que tem forte apelo em Salvador e Região Metropolitana, é nome forte no partido e pode ser o mais votado do bloco. Já o vereador Marcell Morais é uma incógnita, podendo entrar ou não na Assembleia Legislativa.

Apostas na mesa, o que preocupa agora é a linha de corte da disputa. No chapão encabeçado pelo PT esse número está entre 45 mil a 50 mil votos. Já na oposição, a linha de corte será entre 35 mil a 38 mil votos, o que pode deixar algumas apostas de fora, devido ao elevado coeficiente dos partidos.

Análise feita por Osvaldo Lyra e publicada na Tribuna da Bahia. (O blog destacou em negrito os candidatos mais ligados à região).

Comentar

IBOPE: Rui sobe novamente, mas Souto ainda venceria no 1º turno

Rui tenta levar eleição para o segundo turno. Hoje, Souto ganharia no primeiro.
Rui tenta levar eleição para o segundo turno. Hoje, Souto ganharia no primeiro.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (24) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o governo da Bahia:

Paulo Souto (DEM): 43%
Rui Costa (PT): 27%
Lídice da Mata (PSB): 7%
Da Luz (PRTB): 0%
Renata Mallet (PSTU): 1%
Marcos Mendes (PSOL): 1%
Brancos e nulos: 10%
Indecisos: 11%

No levantamento anterior, realizado pelo instituto entre os dias 6 e 9 de setembro, Paulo Souto tinha 46%, seguido por Rui Costa (24%) e Lídice da Mata (6%). A pesquisa foi encomendada pela TV Bahia.

A pesquisa foi realizada entre os dias 21 a 23 de setembro de 2014. Foram entrevistados 1.512 eleitores em 83 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que o instituto tem 95% de certeza de que os resultados obtidos estão dentro da margem de erro.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 00026/2014, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 00763/2014. (G1)

Comentar

Pelo Babesp, Souto tem 37%, Rui 28% e Lídice 9%

babesp

Pela primeira vez, a pesquisa realizada pelo Babesp aponta a possibilidade de segundo turno na Bahia para as eleições 2014. Divulgada nesta segunda-feira (22), o levantamento mostra aumento de 1% dos pontos de Rui Costa (PT) em relação à pesquisa anterior, e fica com 28%, enquanto Paulo Souto (DEM) perde 2% e fica com 37%. A candidata Lídice da Mata (PSB) se mantém com 9 pontos na corrida eleitoral. Quando os eleitores são questionados a respeito de sua preferência com apoio de respectivos cabos eleitorais, Souto (com Aécio e ACM Neto) figura 36 pontos, Rui (com Lula, Dilma Rousseff e Jaques Wagner) tem 32 pontos e Lídice da Mata (com Marina Silva), aumenta somente 1% e fica com 10 pontos. Em uma simulação de segundo turno entre Paulo Souto e Rui Costa, o democrata se sobressairia com 42% dos votos válidos, em detrimento dos 36% pontuados por Rui. A pesquisa ouviu dois mil entrevistados e está protocolado sob o registro BA-00021/2014. As informações são do Bahia Notícias.

Um Comentário

Sérgio Brito e Nelson Leal cotados para serem os mais votados na Bacia do Paramirim

Parlamentares conseguiram importantes apoios na região.
Parlamentares conseguiram importantes apoios na região.

Os candidatos a deputado Sérgio Brito (federal) e Nelson Leal (estadual), na análise deste blog, devem ser os mais votados na Bacia do Paramirim, território formado por nove municípios. Confira:

Paramirim: apoiados pelo prefeito Júlio Bernardo (PSD), ambos os candidatos devem ter em média 3.500 votos, cada.

Érico Cardoso: Sérgio Brito deve obter, aproximadamente, 2.500 votos, apoiado pelo prefeito João Paulo (PT). Já Nelson Leal mantém uma aproximação com o Dr. Érico Cardoso, liderança local, devendo ter uma “boa lembrança”.

Caturama: O prefeito Hugo Mendonça (PTB) apoia Sérgio e Nelson, devendo, cada um, sair, aproximadamente, com 1500 votos.

Botuporã: Mais ligado ao ex-prefeito Edílcio Brandão (PSD), mas apoiado também por todo o grupo liderado pelo prefeito Tavim (DEM), o candidato Sérgio Brito deve sair com, aproximadamente, 700 votos das urnas do município. Lúcio Vieira Lima deverá ficar com uma maior fatia do eleitorado do grupo situacionista. Já o candidato a estadual Nelson Leal é apoiado por todo o grupo oposicionista, liderado pelo ex-prefeito Moaci Nunes (PP), devendo obter, aproximadamente, 2000 votos, enquanto o grupo da situação apoiará Pedro Tavares e Marquinho Viana.

Macaúbas: apoiados pelo ex-prefeito Amelinho (PT), Nelson e Sérgio devem ter, aproximadamente, 4.500 votos, cada.

Rio do Pires: Com a saída de Rui Costa para candidatar-se ao governo, Sérgio Brito conseguiu aumentar seu apoio político no município para a Câmara Federal. Com a ajuda de Valtinho (PT) e outros, deve sair com, aproximadamente, 2000 votos. Já o prefeito Ney Nardes (PMDB) declarou apoio a Nelson Leal, que deverá obter, aproximadamente, 2000 votos.

Tanque Novo: Parece ser uma incógnita, mas nas eleições passadas Sérgio obteve 1.312 votos. Não se sabe de apoio a Nelson no município.

Ibipitanga: Apoiado pelo prefeito Beto (PT), o candidato Sérgio Brito deve manter a média no município: 3000 votos. Para estadual, Beto está com Nelson e Roberto Carlos, devendo cada um ter, aproximadamente, 1500 votos.

Boquira: Sérgio Brito obteve 2.741 votos nas eleições passadas e Nelson leal, 977. O ex-prefeito Edimilson (PR) continua apoiando Sérgio, mas por ter outro candidato que o grupo também apoia, ele deverá sair com, aproximadamente, 1500 votos. O vice de Marco Túlio está com Nelson,que deverá aproximar-se da quantidade de votos alcançada nas eleições de 2010.

Portanto, Sérgio Brito (PSD) deve ter na Bacia do Paramirim, aproximadamente, 20 mil votos. Já Nelson Leal (PSL), 17 mil.

Logo atrás, para federal, deve vir Lúcio Vieira Lima (PMDB), com uma média de 9 mil votos na região e, para estadual, Pedro Tavares (PMDB), com 7.500.

Obs: os dados desta matéria não possuem valor científico, sendo apenas uma análise política subjetiva.

Comentar

“Rui Costa não tem condição ética e moral de manter candidatura”,diz deputado

Carlos Gaban (DEM).
Carlos Gaban (DEM).

“Depois das denúncias da presidente do Instituto Brasil, Dalva Sele, à revista Veja, Rui Costa não tem mais condição ética e moral de manter a sua candidatura ao governo da Bahia, muito menos exercer daqui por diante qualquer cargo público”, afirma o deputado estadual Carlos Gaban (DEM). O parlamentar lembra que a bancada da oposição na Assembleia Legislativa já denunciara, em 2009, o esquema de desvio de recursos públicos pelo Instituto Brasil em representações feitas ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado. “Diante da farta documentação de irregularidades apresentada por nós, o Ministério Público avocou pra si e impetrou ação na Justiça. Nós, da oposição, também entramos com outro processo, requerendo a indisponibilidade de bens dos envolvidos”, explica Gaban. Na reportagem “A arte de roubar dos pobres”, publicada pela Veja, a presidente do Instituto Brasil, Dalva Sele, conta como funcionava o esquema que desviou mais de R$ 6 milhões do Fundo de Combate à Pobreza para as campanhas eleitorais do PT, por meio de recursos de convênios para a construção de casas populares, que não eram feitas. O candidato do PT ao governo, Rui Costa, teve o nome relacionado entre os beneficiados do partido com o desvio dos recursos públicos, estimado em mais de R$ 50 milhões nos últimos 10 anos.

Comentar

Em Guanambi, Caravana do 25 foca UPA que não funciona

soutoemgbi

O candidato a senador da Bahia, Geddel Vieira Lima, esteve ontem (20) à noite no município de Guanambi, onde participou de um comício, ao lado dos companheiros de chapa, Paulo Souto (governador) e Joaci Góes (vice), do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, e do ex-governador Nilo Coelho. Entre as queixas região, a população denunciou que a Unidade de Pronto Atendimento da cidade, construída pelo governo do PT, não funciona por incompetência da gestão petista. Os moradores também contam com os oposicionistas para recuperar e melhorar os serviços públicos essenciais à vida dos baianos, como saúde, segurança e educação, que foram tratados com descaso nos últimos anos. Para isso, Paulo Souto disse que terá a ajuda de Geddel, que vai lutar como senador por recursos para a Bahia em Brasília. As informações são do PMDB Bahia.